Ajuda à Igreja que Sofre

Switch to desktop Cadastro Login

Oração em Família

Avalie este item
(31 votos)

Ninguém vive sem respirar, comer ou dormir, etc. As ciências humanas e a história das religiões constatam que a busca pela eternidade é um dos impulsos mais presentes da natureza humana em todos os povos e civilizações.

Se esta é uma verdade da natureza humana temos que admitir que a oração se apresenta como uma exigência desta natureza. Como seres humanos vivemos no tempo, mas nossa vocação maior é a eternidade.

A busca pelo espiritual é uma necessidade em nossa vida. Assim como não vivemos sem comer, dormir ou respirar, não seremos em absoluto sadios em nossa condição humana sem o cultivo de um dos impulsos mais básicos de nossa natureza, a aspiração para a comunhão com Deus. Nisto a oração não tem substituto. E veja, não se trata do saber como rezar. Se reza ou não se reza. Não há o que discutir.

A ruptura de nossa amizade com Deus gera uma tensão em nossa vida. Excluir a oração, na verdade, é um desamor que poderemos cometer contra nossa natureza humana. Podemos mesmo afirmar que quem não reza é um ser debilitado em sua natureza humano-espiritual.

Berdiaeff, um dos grandes antropólogos atuais escreve: "Ao estudar o ser humano através dos tempos encontrei sistemas ateus, jamais civilizações atéias". Alguém pode dizer sou ateu ou não tenho fé. O que não pode negar é a presença do espiritual no coração do homem e das civilizações humanas.

Como questionar então a necessidade da oração à nível pessoal, de família, de comunidade e de Igreja? É impensável e mesmo incompreensível. Todos os homens e mulheres de Deus do AT e NT, da Igreja, os santos e santas de todos os tempos encontraram na oração a sua razão de ser, de existir em Deus e no serviço de amor aos irmãos.

Ora, sendo a família a célula básica da sociedade humana, se não houver oração, a mesma se encontrará fragilizada em sua estrutura humana e espiritual. O que aconteceu com a família de Adão e Eva ao romperem a amizade com Deus, o mesmo acontecerá com toda a família onde pais e filhos não rezam juntos. Com a exclusão de Deus, o paraíso da boa convivência na relação pais e filhos se fragiliza e termina na tragédia da família de Adão e Eva, como de tantas de nossas famílias.

Queridos pais, se seus filhos não virem vocês rezarem terão sérias dificuldades para aprenderem a rezar. Você pais são e devem ser por natureza os primeiros evangelizadores dos filhos. A família é o berço natural da evangelização, da vida, dos valores. O fracasso da vida de oração dos pais, normalmente se transforma em pobreza de oração na vida dos filhos, da família, da sociedade, da Igreja e da própria humanidade.

Queridos pais, é bom e louvável ver o zelo e doação de vocês para dar o necessário e digno para que seus filhos triunfem e se realizem profissionalmente na vida, mas por amor a Deus, não descuidem e nem deixem seus filhos na orfandade do maior bem a ser oferecido a eles, isto é, a riqueza dos valores da vida, da oração e da comunhão com Deus.

Última modificação em Quinta, 05 Janeiro 2012 16:42

5 comentários

  • Jose de Lima

    Padre, aquela citação do antropólogo russo Nicolas Berdiaeff: "ao estudar o ser humano, encontrei sistemas ateus, jamais, civilizações ateias", está em que livro do autor russo? Por favor, responda-me, para o estudo de uma tese... Grato...

    Jose de Lima Domingo, 18 Setembro 2011 21:35 Link do comentário
  • José jacó Esperança Magalhães

    Só desejaria saber em qual dos livros de Nicolas Berdiaeff eu encontro a citação"Ao estudar o ser humano,através dos tempos, encontrei sistemas ateus,jamais civilizações atéias."

    José jacó Esperança Magalhães Sábado, 11 Junho 2011 18:53 Link do comentário
  • elizabeth tomie nascimento

    PAZ E BEM..Fiquei por muito tempo longe da igreja,quando pedi ao SENHOR que convertesse as minhas filhas,DEUS me mostrou que era EU ,que devia primeiro ser evangelizada..HOJE aprendi..A MAIOR HERANÇA QUE 'DEUS'NOS DEU É A BENÇÃO...A MÃE TEM O PODER DE ABENÇOAR OU AMALDIÇOAR UM FILHO..,POR ISSO DEVEMOS TER CUIDADO NO DIZER AOS NOSSOS FILHOS..AMO LER A BIBLIA,QUE ME DÁ MUITA ALEGRIA E SABEDORIA ..

    elizabeth tomie nascimento Quarta, 23 Junho 2010 18:14 Link do comentário
  • Davisson Rodrigues dos Santos

    Lendo os Evangelhos, percebemos, que Jesus rezava muito... tudo na nossa vida é importante, por isto aí a necessidade de estar em comunhão com os santos, nas orações... todos os santos e santas, rezavam bastante, sem falar das penitências que eles faziam.

    Davisson Rodrigues dos Santos Sábado, 12 Junho 2010 20:29 Link do comentário
  • Neurivaldo, Rafard/SP-Brasil

    Viajando nesse tema - oração, rezar, simplesmente conversar com Deus, lembrei-me de minha mãe ensinando a mim e meu irmão além do Pai Nosso e da Ave Maria uma oração do Anjo da Guarda, como as crianças gostam de Anjo, infelismente nós adultos vamos deixando-o de lado e até mesmo esquecendo dele. A oração era: Meu anjo da guarda meu bom guardador, guarda minha alma para Nosso Senhor. Na simplicidade das palavras já nos revela a busca, enquanto crianças, a pertença a Deus. É incrível como na juventude achamos que somos autosuficientes, os sonhos banais vão nos consumindo e parafraseando o Pe. Zezinho: ... de rezar não tinha nem vontade... Aí, de repente, vem um anjo e lhe diz: - Pai reza comigo. Gente, pensei comigo, será que lembro minhas antigas orações de crianças. Parece milagre, mas lá vem elas como se minha mãe estivesse ao meu lado rezando junto. Detalhe, graças a Deus minha mãe continua bem viva. Nesse momento entendemos o peso da tradição tão respeitado em nossa Igreja. Lembrete, Nossa Mãe Maria sempre está pronta a nos ajudar nas orações, abrindo nossos corações a Ela, ela não só reza conosco como também roga por nós. Não desprezemos os pedidos de Nossa Mãe para que oremos todos os dias. Amém. Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo nos abençoe.

    Neurivaldo, Rafard/SP-Brasil Segunda, 07 Junho 2010 13:27 Link do comentário

Deixe um comentário

Preencha todos os campos com (*). Código báscio de HTML é permitido.


Anti-spam: complete the taskJoomla CAPTCHA

Kirche in Not - Kerk in Nood - Aid to the Church in Need - Pomoc Kosciolowi w Potrzebie - Aiuto alla Chiesa che Soffre
Ayuda a la Iglesia Necesitada - Aide à l’Eglise en Détresse - Ajuda à Igreja que Sofre
Desde 1947 servindo a Igreja pelo mundo.

Elevada a
Fundação Pontifícia
em 2011 pelo Papa Bento XVI

Top Desktop version